Este site usa cookies para oferecer melhores recursos e funcionalidades. Ao usar o site, você está consentindo com esse uso. Nós valorizamos sua privacidade e a segurança de dados. Examine nossa Política de Cookies e Política de Privacidade, ambas foram atualizadas recentemente.

Memória Específica do Sistema

Memória Específica de Sistema da Kingston: Proporcionar Confiabilidade Conhecida

Durante mais de duas décadas, a Kingston tem projetado e fabricado memórias personalizadas para sistemas ou classes de sistemas específicos. A Kingston se empenha em fornecer soluções de memória que funcionam desde a primeira vez, todas as vezes para toda a vida, e garante a compatibilidade da sua memória específica de sistema, que também está coberta por uma garantia vitalícia.

A principal competência da Kingston está na perícia de engenharia, que permite projetar, fabricar e fornecer produtos de alta qualidade aos seus clientes. A Kingston transformou-se ® no padrão para dispositivos de memória entre as empresas listadas na revista Fortune 500, superando qualquer outra marca do setor. Além disso, 10 dos 14 maiores fabricantes de sistemas e semicondutores de hoje confiam na Kingston.

Por que é importante utilizar memórias específicas para cada sistema?
  • Os chips diferentes oferecem níveis variados de desempenho

  • A compatibilidade dos chips pode variar

  • Os testes são realizados no sistema em que a memória será instalada

  • Limitações específicas do sistema na altura ou largura do módulo

  • Configuração de detecção de presença

A Marca e Desempenho do Chip

Quando a Kingston projeta um novo módulo de memória para um sistema lançado recentemente, os engenheiros da Kingston testam várias marcas de chips durante o projeto do novo módulo. Esses testes nos permitem determinar que marcas de chips proporcionam o melhor desempenho. A Kingston utiliza uma lista controlada de materiais, para que os seus projetos de módulo de sistemas específicos proporcionem o melhor desempenho para o seu sistema.

A Compatibilidade do Chip

Enquanto a Kingston testa o desempenho do chip para um sistema específico, ela também testa a compatibilidade dos chips. À medida que as memórias se tornam mais rápidas, a compatibilidade dos chips se torna cada vez mais importante e varia de sistema para sistema, por isso a Kingston testa várias marcas diferentes de chips em cada sistema que ela suporta e possui uma listas de fornecedores aprovados para os seus módulos.

Além disso, as dimensões físicas do módulo afetam a compatibilidade de um projeto de módulo. Em muitos sistemas, o número de chips faz com que um modulo se torne fisicamente possível de instalar e eletricamente compatível. Conceber módulos para a compatibilidade dos chips, assim como a quantidade de chips, nos permite garantir uma compatibilidade total com o sistema ou classe de sistemas na qual o módulo será instalado.

Testes em sistema

O processo de engenharia da Kingston inclui o teste de cada novo projeto de módulo no sistema que será utilizado no final. A memória é testada na placa mãe do sistema com os aplicativos e programas operacionais geralmente utilizados no sistema. Essa é apenas uma das etapas no processo de sete etapas de teste de pré-produção. O teste em sistema nos permite assegurar que a memória é compatível em todos os aspectos com sistema para o qual projetaram, incluindo hardware, sistemas operacionais e aplicativos.

Limitações Específicas do Sistema

Embora o manual de utilização de um sistema operacional declare que o sistema requer módulos PC100 Synchronous DIMMs de 168 pinos, ele pode não incluir outras limitações específicas do sistema. Por exemplo, alguns sistemas possuem menos espaço para a memória na sua caixa de sistema. Isso pode exigir a utilização de chips de caixa rebaixada. Em um projeto genérico de tamanho único, você receberia a embalagem normal do chip. Em uma situação em que o espaço é limitado, dois módulos podem nem sequer caber um ao lado do outro em um sistema, ou, ainda pior, podem causar superaquecimento e resultar em uma falha no sistema. Uma opção de tamanho único simplesmente não funcionará. A Kingston não depende de especificações genéricas para módulos; os módulos são concebidos para as necessidades específicas dos sistemas em que serão instalados.

Detecção de Presença

Para que um sistema operacional reconheça um módulo de memória, este precisa conter um chip que comunique as especificações do módulo para o sistema. Se este chip for configurado incorretamente para o sistema em que você está instalando o módulo, o sistema não reconhecerá a memória ou pode obter informações incorretas sobre a velocidade do módulo.

A marca da memória que você escolhe pode fazer uma diferença significativa no desempenho que você obtém do seu sistema. Escolha uma memória que seja projetada e fabricada de acordo com os requisitos do seu sistema. Escolha projetos de módulos de memória proprietária Kingston para ter total confiança.

        Back To Top