Para informações sobre como o COVID-19 afetou nossas operações de negócios, clique aqui.

Computação de Ponta

Por que o 5G precisa de Computação de Ponta em um Micro Data Center?

#KingstonCognate apresenta Simon Besteman

Simon Besteman

Simon Besteman é cidadão da França e da Holanda e um veterano da ICT e do setor de data center. Ele tem mais de 20 anos de experiência trabalhando em ISPs, fornecedores e data centers e como um consultor de gestão para um grande número de organizações. Simon ocupou vários cargos de gerencia em empresas multinacionais nas áreas de serviço, vendas e marketing, gerência de operações e desenvolvimento estratégico.

Atualmente, Simon é o CEO da ISPConnect, a coalisão holandesa de provedores de hosting. Como um representante líder no setor, ele publica frequentemente em seu blog assuntos da indústria e normas, sendo um destacado orador em congressos e conferências e um participante das mesas redondas do governo holandês relacionadas às telecomunicações, data centers e Internet. Ele participa de conselhos de diversos grupos da indústria, com foco em educação, emprego e governança.

O que está impulsionando a necessidade de Data Centers de Ponta?

Por anos, a principal tendência no mundo todo no setor de data centers foi orientada pelas economias de escala conseguidas através de instalações cada vez maiores, os chamados data centers em hiperescala. Por uma boa razão. O custo operacional por rack ou por servidor é mais baixo quando as despesas gerais podem ser compartilhadas por um número maior de servidores. A conectividade é mais fácil de conseguir para data centers maiores. É comparativamente mais fácil criar uma infraestrutura de força redundante (2N, 2N+) para uma instalação muito grande. Ao partilhar a presença de uma grande variedade de clientes criamos oportunidades de conectar usuários do data center a uma oferta de serviços simbiótica.

A tendência em direção aos Micro Data Centers de Ponta

Linhas para Rede Social

Do nada há uma década, agora existem mais de 500 data centers em hiperescala gigantes em todo o mundo. Não é provável que a tendência reverta-se em breve. Os gigantes da tecnologia, provedores de nuvem, Amazon, Apple, Facebook, Google e Microsoft estão esperando um ano vigoroso em termos de crescimento anual à medida que a TI tradicional no local está migrando gradualmente para a nuvem. Eles precisam cada vez mais de poder de computação e poder de resfriamento como nunca antes. À medida que a parte dos dados gerados e destinados para uso por outras máquinas (serviços automatizados) cresce, é razoável esperar que a tendência em direção aos data centers maiores continue no futuro próximo.

Ao mesmo tempo, estamos testemunhando uma tendência paralela em direção aos micro data centers que estão em locais mais próximos da "ponta", onde os dados estão sendo gerados e consumidos. Esses data centers 'na ponta da rede' são conhecidos como data centers de Ponta. Os data centers de ponta são normalmente muito menores do que os grande data centers e complementam a infraestrutura existente. Eles resolvem um problema do presente e representam um papel decisivo na preparação da infraestrutura de TI do futuro. O problema que resolvem é aquele de conectividade.

Data Centers de Ponta capacitam eficiências

O ponto fraco de centralizar é que todos os dados estão em um data center no núcleo da rede e todos os usuários devem se conectar ao ponto central para acessar os dados. Isso apresenta duas consequências: requer um tamanho significativo de largura de banda e a latência (o tempo que os dados levam para alcançar o usuário) não pode ser suficientemente baixa para gerenciar certos aplicativos de forma eficiente. Levando os dados para mais perto da ponta torna possível gerenciar o fluxos de dados de modo mais eficiente para o usuário. Ao invés de precisar conectar à hiperescala para baixar uma série, os dados são armazenados em cache em um data center de ponta mais próximo dele. Os dados precisam apenas trafegar da instalação de ponta até o usuário final. Isso também permite uma resposta muito mais rápida porque os dados precisam percorrer apenas uma curta distância.

O segundo problema que a Ponta resolve é aquele que está se desenvolvendo e chegará à maturidade nos próximos 24 a 36 meses. É o aumento exponencial do volume de dados gerados e partilhados. Os dois principais componentes são separados, mas relacionados: IoT e 5G.

Dados gerados por máquina

Enquanto o crescimento dos dados na última década foi em grande parte gerado pelo consumo humano (As pessoas começaram a assistir vídeos em seus telefones e estão usando aplicativos para serviços bancários e compras), a próxima onda de dados a ser gerada será por máquinas. Isso será processado, analisado e acionado por outras máquinas. Esta é uma forma diferente de dados, e tem magnitude maior do que os dados que usamos hoje. Estamos falando sobre os dados gerados (e necessários) por carros em movimento, por sensores nas ruas de cidades inteligentes, dispositivos agrícolas, de produção e ambientais. Dados em quantidades sem precedentes (imagine 40 terabytes de dados por 8 horas para um carro de direção autônoma) que precisam ser filtrados e agregados próximos à fonte. Precisa ser em formato processado para uma nuvem central. Cidades inteligentes, IoT e serviços de entrega por drone também dependerão do micro data center de ponta para realizar o potencial 5G. A Kingston Technology é um dos fabricantes que está prevendo essas demandas e trazendo para o mercado soluções que podem atender essas necessidades extraordinárias.

5G

Dispositivos Inteligentes em todo lugar conectados com 5G de Alta Velocidade

O 5G será o elemento central dessa revolução. Esse próximo passo de comunicação móvel será lançado gradualmente a partir de 2020; ele não só permite velocidades muito mais altas (100 vezes mais rápidas em média) mas o 5G irá permitir nos conectar com até um milhão de dispositivos por quilômetro quadrado. Permitirá um sensor a cada pé quadrado de um campo para transmitir dados em tempo real sobre umidade do solo. Isso tornará possível irrigar com precisão. Portanto, gerenciar a água com maior precisão do que podemos ter hoje. Sensores em nossas casas irão transmitir dados em tempo real sobre nossa saúde, nosso meio ambiente e nossas necessidades de energia. Em ambientes industriais, o 5G irá permitir o gerenciamento remoto de peças, controles de qualidade automatizados e cadeias de suprimento. As mudanças farão diferença no modo como trabalhamos e vivemos.

O Nascimento de Micro Data Centers 5G em Telecomunicações

Hoje a maior parte do desenvolvimento para a ponta de sites de rede deve-se aos provedores de telecomunicações na forma de micro data centers. Eles têm a infraestrutura pronta e, o mais importante, eles já têm as instalações em imóveis necessárias para criar as estruturas. Serão os pioneiros na Computação de Ponta. Atrás deles, as empresas comerciais de data center irão se mover com rapidez.

A demanda dos data centers de ponta a partir do crescimento do 5G será bem diferente daquela dos data centers atuais. Eles são menores e exigem menos energia. Eles ficarão alinhados com a comunicação e o armazenamento de dados, principalmente em SSDs. A Kingston Technology tem desenvolvido soluções de memória e armazenamento para lidar com o volume e a velocidade.

Lá vamos nós: Está na hora de ficarmos pronto para esta nova tendência.

Um novo jogo está se desenvolvendo e precisaremos nos adaptar à nova realidade. Está na hora de ficarmos pronto para esta nova tendência. É um tipo diferente de data center que terá exigências diferentes daquelas com as quais estamos acostumados. Atendê-las será fundamental para o nosso sucesso com esse novo desenvolvimento. O modo de começar é encontrar as pessoas certas com o conhecimento que será necessário para configurá-lo de forma apropriada.

Pergunte a um especialista

A Kingston pode oferecer uma opinião independente sobre se a configuração que você está usando atualmente, ou está planejando usar, é a adequada para sua empresa.

SSD Empresarial

Oferecemos orientação sobre quais benefícios os SSDs Empresariais trarão para seu ambiente de armazenamento específico e qual SSD é o mais adequado para suas cargas de trabalho que exigem um equilíbrio no alto desempenho de IOPS de leitura e gravação randômicas.

Pergunte a um Especialista em SSD

Memória de Servidor

Fornecemos orientação sobre quais benefícios existem em configurar seu servidor para ótimo desempenho e capacidade. Os especialistas em configuração da Kingston têm o conhecimento e os recursos para apoiar suas necessidades de upgrade de memória.

Pergunte a um especialista em memória

Mantenha-se em contato! Inscreva-se para receber nossos e-mails com as notícias da Kingston e muito mais.