Este site usa cookies para oferecer melhores recursos e funcionalidades. Ao usar o site, você está consentindo com esse uso. Nós valorizamos sua privacidade e a segurança de dados. Examine nossa Política de Cookies e Política de Privacidade, ambas foram atualizadas recentemente.
1,8 Milhões de Transações por Segundo e Unidades de Estado Sólido da Kingston

As necessidades de processamento de dados empresariais crescem substancialmente todos os anos, de terabytes a petabytes, e frequentemente além do alcance do modelo tradicional de servidor, para o âmbito de computação distribuída e escalável para análise da grande e complexa quantidade de dados atendendo a setores que incluem assistência médica, biociência, financeiro e petróleo-gás.

Um relatório da Berkeley, University of California de 2003 declara que: “Em 2002 as ligações telefônicas de todo o mundo tanto em linhas fixas quanto em celulares continham 17,3 exabytes de novas informações se armazenadas na forma digital" e que "Seriam precisos 9,25 exabytes de armazenamento para guardar todas as chamadas [telefônicas] dos EUA todos os anos."1 (Um exabyte é igual a um quintilhão de bytes ou um milhão de gigabytes ou 1.000 petabytes). Uma estimativa posterior feita pela University of Southern California para dados armazenados até 2007 previu que seriam alcançados 295 exabytes, causando grandes preocupações sobre o controle desses dados em todo o mundo. 2

Quando a capacidade de processamento de dados de uma empresa, que utiliza soluções de armazenamento tradicionais cresce além da adequabilidade das práticas de processamento a esse colossal conjunto de dados, uma solução de computação distribuída utilizando uma ferramenta de análise de dados padronizada, de alto desempenho e de fácil implantação como a Apache Hadoop pode se tornar inestimável, fornecendo resultados precisos e pontuais em cenários de grande quantidade e complexidade de dados.

Infelizmente, mesmo uma solução inovadora como a Apache Hadoop não consegue alcançar seu verdadeiro potencial utilizando somente unidades tradicionais de discos rígidos mecânicos baseados em discos giratórios, pois simplesmente eles não são capazes de oferecer a alta e constante largura de banda e a baixa latência necessária à infraestrutura enormemente evoluída de grandes quantidades de dados.

As soluções de armazenamento rápidas, flexíveis e acessíveis, baseadas em Flash NAND; apresentam uma incrível oportunidade de atingir novos níveis de desempenho, confiabilidade e custo total de propriedade (TCO) reduzido para essas estruturas de grandes quantidades de dados em configurações independentes, ou quando combinadas com unidades de disco rígido tradicionais em modelos de armazenamento para arquivo ou em nível transacional e ainda para eliminar o acúmulo de armazenamento.

As conquistas para atingir 1,8 milhões de operações de entrada/saída por segundo (IOPS) utilizando componentes disponíveis no mercado (COTS) mostraram que permitir que ferramentas de análise de grandes quantidades de dados atinjam seu verdadeiro potencial não precisa ser caro ou complexo. Por exemplo, as unidades de estado sólido (SSD) para servidores da Kingston Technology podem beneficiar empresas que estejam utilizando atualmente unidades de disco rígido nos setores de biociência e assistência médica de diversos modos, incluindo:3

  • Acelerar a administração e o tempo de acesso aos registros dos clientes em banco de dados nacionais de classe empresarial para atender mais rapidamente as necessidades dos consumidores. Da mesma forma que a população cresce todos os anos, cresce também suas necessidades de assistência médica e como resultado direto, crescem as exigências de desempenho do servidor. Em um estudo de 2010 da Accenture foi estimado que a "América do Norte irá crescer 9,7 por cento em seu mercado de registros médicos eletrônicos (EMR) – de $7,4 bilhões em 2010 para $9,8 bilhões em 2013. Com 5.800 hospitais, a adoção de EMR está começando a se acelerar devido aos incentivos e penalidades da lei ARRA (American Recovery and Reinvestment Act) de 2009.”4

  • Tempo reduzido para analisar as relações de registros eletrônicos (EHRs) e EMRs para prever, analisar a disseminação de doenças entre grupos populacionais e transformar dados básicos em informações valiosas mais rapidamente, utilizando sistemas como o Watson da IBM.5

  • Maior desempenho no planejamento de recursos empresariais (ERP) para monitoramento de bens e gestão de recursos, fazendo aumentar assim o desempenho operacional e permitindo que hospitais e serviços médicos móveis melhorem sua eficiência para atender as necessidades dos pacientes.

  • Novas pesquisas de remédios, custos de desenvolvimento e tempo de colocação no mercado aumentam proporcionalmente em relação à complexidade de uma doença. Reduzir o tempo de colocação no mercado e custos gerais projetando de modo preciso e simulando novos dispositivos ou tratamentos biomédicos para doenças pode ser vital para salvar vidas e estimular empresas farmacêuticas a investirem recursos em seu desenvolvimento. 6

Embora não haja dúvidas de que 1,8 milhões de IOPS possam beneficiar enormemente esses setores, a baixa latência e alto volume de desempenho de processamento de um SSD também se presta bem a operações de processamento de transações online (OLTP), onde os principais objetivos são aumentar o número de transações que podem ser solucionadas por segundo e reduzir o tempo de resposta de uma consulta ao banco de dados transacional.

A natureza das aplicações de OLTP, variando desde um sistema de reserva eletrônica de um agente de viagens a um caixa automático de um banco (ATM), combina perfeitamente com os benefícios trazidos pela arquitetura SSD incorporada na solução de armazenamento em camadas ou uma solução completa de armazenamento SSD para atender as necessidades típicas de um banco de dados dinâmico, controlando tarefas empresariais fundamentais com pouca demora e minimizando os riscos de blackouts nas operações.

Resumo

Os setores em rápido crescimento, como a biociência e assistência médica, possuem as maiores demandas em desempenho para enfrentar uma série de diferentes tarefas, incluindo serviços de gestão hospitalar, serviços de gestão de pacientes, pesquisa e desenvolvimento farmacêutico, equipamentos e suprimentos médicos, satisfação do paciente e o mais importante, salvar vidas.

A capacidade de apresentar um desempenho mais rápido com um TCO mais baixo para os setores encarregados de funções com tantas exigências permite às empresas capitalizar facilmente as vantagens tecnológicas possibilitadas pelas unidades de estado sólido E100 de classe empresarial da Kingston.

Referências
  1. How Much Information? by University of California, Berkeley (http://www2.sims.berkeley.edu/research/projects/how-much-info-2003/execsum.htm)

  2. How much total information is there in the world? by University of Southern California (http://news.usc.edu/#!/article/29360/How-Much-Information-Is-There-in-the-World)

  3. Orange Silicon Valley and Hyve Solutions Attain 1.8 Million IOPS Benchmark with Components from LSI and Kingston (http://ir.synnex.com/releasedetail.cfm?ReleaseID=709523)

  4. Overview of International EMR/EHR Markets Results from a Survey of Leading Health Care Companies by Accenture
    (http://www.accenture.com/SiteCollectionDocuments/PDF/Accenture_EMR_Markets_Whitepaper_vfinal.pdf)

  5. Putting Watson to work (http://www-03.ibm.com/innovation/us/watson/watson_in_healthcare.shtml)

  6. Taming the Cost of Respiratory Drug Development by Jan De Backer, CEO, FluidDA nv, Kontich, Belgium Thierry Marchal, Healthcare Industry Director, ANSYS, Inc.
    (http://www.ansys.com/staticassets/ANSYS/staticassets/resourcelibrary/article/AA-V4-I2-Taming-Cost-of-Respiratory-Drug-Development.pdf)

        Back To Top