Computador compacto Raspberry Pi com um microSD Kingston ao lado de um teclado.

Escolha do armazenamento para Raspberry Pi

Um produto popular oferecido por uma fundação de caridade do Reino Unido, o computador Raspberry Pi faz sucesso em todo mundo. Ele foi originalmente desenvolvido para fazer com que jovens se interessem por computação, permitindo que eles desenvolvam suas habilidades em programação e ciência da computação. A Raspberry Pi Foundation fornece computadores de alto desempenho de placa única e software gratuito desde 2011. Hoje, muitos entusiastas estão trocando seus PCs, montando plataformas de jogos retrô ou mesmo controlando robôs usando os computadores Raspberry Pi.

No entanto, não importa o quanto esses computadores sejam educativos ou empoderadores, eles não são fornecidos com um componente chave que outros computador comuns têm: Eles não têm armazenamento interno.

Todas as unidades Raspberry Pi são fabricadas com um slot de cartão SD ou microSD para ajudar os usuários a lidarem com esse problema. O Raspberry Pi original, Modelo A, e o Modelo B usam cartões SD. Desde o modelo B+ (2014) em diante, cartões microSD passaram a ser usados.

A capacidade mínima necessária vai de 8GB a 32GB, que é o maior tamanho compatível com o Raspberry Pi por padrão, embora cartões de maior capacidade possam ser formatados para operar com as unidades. Tenha em mente que para instalar o SO Raspbian oficial será necessário um cartão microSD de pelo menso 8GB, enquanto para o Raspbian Lite pelo menos 4GB serão necessários. O Raspbian é o SO recomendado pela Raspberry PI Foundation, embora você possa rodar muitos sistemas operacionais, incluindo várias distribuições do Linux.

Computador compacto Raspberry Pi com cartões microSD Kingston

Ao escolher o cartão SD ou microSD ideal, procure por cartões de alta durabilidade que possam suportar bem os tempos de ciclo, pois o sistema operacional estará rodando nele. Além disso, cartões que atingem a Classe 10 UHS-I com velocidades de 95MB/s permitem armazenamento fácil e transferências rápidas.

Uma vez que muitos computadores Raspberry Pi tem várias portas USB, unidades USB são uma excelente opção para essas unidades. Elas são pequenas o bastante para caber no seu bolso e proporcionam armazenamento rápido e móvel para fotos pessoais, música, vídeos e documentos.

Portas USB na maioria dos modelos Raspberry PI estão limitadas à versão USB 2.0, mas unidades 3.0 também podem ser usadas - elas apenas ficarão restritas às velocidades USB 2.0. A partir de junho de 2019, o Raspberry Pi 4B passou a ter duas portas USB 3.0 para transferências mais rápidas e melhor desempenho. Com as portas USB 3.0, outra opção de armazenamento é uma gaveta externa para disco rígido. Certifique-se de que o disco tem sua própria alimentação porque um Raspberry Pi não poderá fornecer energia suficiente para um dispositivo desse tipo.

Além de sua portabilidade pendrives proporcionam aos usuários do Raspberry Pi os mesmo recursos essenciais dos cartões SD e microSD em termos de capacidade e velocidade de leitura/escrita.

Essas opção vão garantir que você nunca ficará sem espaço para os seus projetos.

#KingstonIsWithYou

Produtos relacionados