Uma mulher em uma mesa com dois monitores, um eles mostrando uma reunião de vídeo com 4 outras pessoas
Ambientes de trabalho híbridos significarão maior vulnerabilidade de dados

Enquanto o mundo se empenha para prevenir uma nova onda de COVID-19 e suas variantes, as empresas vêm fazendo modificações especiais para que a equipe trabalhe remotamente. Cada vez mais pessoas estão trabalhando fora do escritório em tempo integral ou parcial, à medida que novas tecnologias permitem conectar-se com colegas e clientes de todo o mundo. Os dias trabalhando exclusivamente em um escritório central podem estar bem distantes para alguns.

Trabalho remoto híbrido é o novo normal. Este tipo de trabalho aumenta a produtividade e a retenção de pessoal, reduz os encargos da empresa e faz bem ao meio ambiente. Desde a COVID, pesquisas sugerem que mais de 80% dos profissionais trabalham remotamente pelo menos uma vez por semana. Entretanto, uma única pessoa pode comprometer a integridade da segurança de toda uma empresa se não forem seguidos os protocolos de segurança necessários.

Entender os desafios de segurança de uma força de trabalho remota é um aspecto crítico.

Mãos digitando um teclado com um símbolo gráfico de proteção VPN

BYOD (Bring Your Own Device -Traga seu Próprio Dispositivo ), hardware inseguro, mau uso de softwares e redes de Wi-Fi públicas são ameaças comuns à segurança. Além de tudo, violações de dados são uma preocupação séria e dispendiosa. As autoridades atribuem pesadas multas pelo descumprimento das regulamentações, como o ICO (Information Commissioner's Office - Escritório de Comissionados da Informação) e a GDPR (General Data Protection Regulation - Regulamentação Geral de Proteção de Dados).

Os funcionários que trabalham remotamente estão expostos a riscos maiores do que os funcionários que trabalham nas dependências da empresa. A implementação de procedimentos apropriados e o aumento do nível de segurança minimiza os riscos advindos do trabalho remoto.

A maioria dos funcionários que trabalha remotamente está conectada a infraestruturas de redes domésticas que não são verificadas pelos especialistas de TI em termos de garantia de segurança. O não cumprimento de medidas de segurança adequadas torna mais fácil a penetração na rede com dispositivos corporativos. Isso acontece quando os funcionários utilizam dispositivos inseguros. Isso permite que os hackers espionem e interceptem informações que normalmente são criptografadas.

Por essa razão é importante assegurar que os funcionários se conectem com segurança para o trabalho em casa. Os funcionários que trabalham remotamente devem conectar-se via VPN (Virtual Private Networks - Redes Virtuais Privadas), e o equipamento de TI utilizado deve dispor do sistema operacional mais recente e de softwares antivírus atualizados.

Computadores de empresas usados por funcionários devem ter os níveis mínimos de segurança implementados por especialistas de TI. Esses níveis incluem:

  • Sistema operacional atualizado
  • Autenticação de dois fatores do sistema
  • Software antivírus
  • Segurança adicional para contas de e-mail de empresas
Uma mulher em uma mesa com um monitor de PC em uma reunião de vídeo, um deles mostrando uma reunião de vídeo com 4 outras pessoas

Além disso, todos os funcionário devem usar também pendrives criptografados. Essas soluções de unidade removível permitem um armazenamento seguro dos dados processados pelos funcionários que trabalham remotamente.

Graças a implementação de pendrives criptografados, os dados da empresa estão seguros e com acesso imediato. Dados armazenados em USB criptografados estão automaticamente protegidos. Em caso de roubo de dados, estes não podem ser acessados por pessoas não autorizadas.

Outro recurso de segurança importante é um firewall que protege os dispositivo contra ameaças externas. Isso permite que os usuários se previnam contra vírus ou vazamento das informações processadas. Quanto maior o número de medidas de segurança adicionais menor a probabilidade de hackers violarem a segurança.

O uso de software para prevenção da perda de dados (DLP) em conjunto com VPNs e USBs criptografados todos se unem para ajudar a mitigar os riscos quando se trata de dados. A proteção de dados e a segurança cibernética podem parecer uma responsabilidade cara. No entanto, as ferramentas certas tornam o trabalho remoto fácil, protegido e seguro – e sua implementação é bem econômica. Especialmente se consideradas em relação a possíveis custos monetários e de reputação advindos de uma violação ou perda de dados.

O sucesso com a proteção e segurança dos dados também exige uma mudança cultural e comportamental dentro da empresa. A equipe deve compreender a razão das regras vigentes em vez de ser instruída a seguir os protocolos cegamente. Uma estrutura de segurança bem-sucedida deve permitir – não inibir – a eficiência da força de trabalho. Caso contrário, a equipe tomará atalhos e buscará alternativas, tornando as medidas de segurança inúteis e deixando os dados da empresa vulneráveis.

Com a flexibilidade que o trabalho de casa proporciona nem todos estarão disponíveis ao mesmo tempo. O tempo é um recurso compartilhado, à medida que os funcionários equilibram o trabalho em casa com suas vidas pessoais. Tanto empregados quanto empregadores devem ser flexíveis adaptando-se um ao outro. Com maior eficiência, manter ou exceder a produtividade significa que o empregado e a empresa podem continuar a entregar resultados de qualidade.

Sim, a maneira como trabalhamos mudou, mas com as empresas se adaptando a esses novos desafios em um futuro próximo, as mudanças podem ser para melhor.

#KingstonIsWithYou

Pergunte a um Especialista

Pergunte a um Especialista

Planejar a solução certa de memória exige um conhecimento das metas de segurança de seu projeto. Deixe que os especialistas da Kingston orientem você.

Pergunte a um Especialista

Vídeos relacionados

Trisha segurando o Pendrive USB DT2000

Pendrives USB Criptografados Explicados

Pendrives USB Criptografados mantém seus dados seguros, mas como eles funcionam?

Pendrive USB Criptografado da Kingston

USB Criptografado

Pendrives criptografados com base em hardware ajudam a proteger as informações sensíveis da empresa já que a segurança de dados e a proteção de dados são um grande desafio para as empresas.

Artigos relacionados