Percebemos que você está visitando o site do Reino Unido. Gostaria de visitar nosso site principal?

Uma mão em cima de um teclado de computador manipula um display de holograma

O que é Software de Segurança de Dados?

Segurança de dados é a prática de proteger informações digitais contra acesso não autorizado, corrupção ou roubo. O conceito abrange todas as formas de segurança da informação, desde a segurança física de hardware, controles de acesso, segurança lógica para software, até mesmo políticas e procedimentos organizacionais.

Medidas de segurança de dados implementadas adequadamente protegerão os dados de uma organização contra crimes cibernéticos, erros humanos e até ameaças internas. No entanto, a segurança de dados também requer ferramentas e tecnologias que aprimorem a capacidade de uma organização perceber seu próprio uso de dados. Esses utilitários também podem criptografar, redigir e mascarar dados confidenciais. Idealmente, a segurança de dados também automatizará relatórios, agilizará auditorias e ajudará no atendimento aos requisitos regulatórios.

Globalmente, as organizações estão investindo em segurança de dados para proteger suas marcas, capital intelectual, informações do cliente e para fornecer controles para infraestrutura vital. O não fornecimento de medidas de segurança de dados suficientes, ou o fornecimento de medidas inadequadas, pode acarretar em uma violação. Violações de dados podem custar milhões de dólares em acordos, multas e perda de negócios. Em pesquisas, a maioria dos consumidores diz que abandonaria uma empresa que teve uma violação de dados, uma vez que um software de segurança de dados sólido é parte integrante do sucesso contínuo de uma empresa.

Tipos de segurança de dados

Uma figura em uma jaqueta de couro senta-se e trabalha em um laptop no escuro, iluminado pela luz do monitor. Barras de luz de néon brilhante e linhas de código são sobrepostas na imagem.

Existem muitos tipos de segurança de dados disponíveis. Alguns são baseados em hardware, enquanto a maioria é baseada em software.

  • Criptografia: Criptografia de arquivos e banco de dados é uma última linha de defesa para volumes sensíveis de dados; pode ser baseada em hardware ou software
  • Eliminação de dados: Software para sobrescrever completamente todos os vestígios de dados; mais seguro do que a exclusão
  • Mascaramento de dados: Oculta informações de identificação pessoal (PII) para que as equipes possam desenvolver aplicativos ou treinar com dados reais
  • Descoberta e classificação de dados: Automatize o processo de identificação de informações confidenciais e avalie as vulnerabilidades
  • Monitoramento de atividade de dados e arquivos: Essas ferramentas analisam padrões de uso de dados para que a segurança possa identificar riscos, detectar anomalias e avaliar quem acessa os dados; bloqueio dinâmico e alertas também podem ser implantados
  • Avaliação de vulnerabilidade/análise de risco: Essas ferramentas detectam e mitigam vulnerabilidades, por exemplo, configuração incorreta ou senhas fracas; podem identificar fontes de dados em risco de exposição
  • Relatórios de conformidade automatizados: As soluções de proteção de dados com recursos de relatórios automatizados podem fornecer um repositório centralizado para auditorias de conformidade em toda a empresa

É importante notar que, embora a criptografia seja uma das melhores maneiras de proteger dados, a criptografia baseada em software é mais fácil de contornar ou remover do que a criptografia baseada em hardware. Se você realmente deseja implementar a criptografia na estratégia de segurança de dados da sua organização, invista em produtos de criptografia baseados em hardware.

As ferramentas e tecnologias de segurança de dados devem entender onde os dados residem, acompanhar quem os está acessando e bloquear operações indesejáveis, como atividades de alto risco e movimentos perigosos de arquivos.

Uma estratégia abrangente de segurança de dados incluirá pessoas, processos e tecnologias. Tanto a cultura quanto os conjuntos de ferramentas são importantes para estabelecer controles e políticas apropriados. Apenas uma abordagem holística para a segurança de dados pode torná-la uma prioridade em todas as áreas da empresa.

Estratégias de segurança de dados

Existem inúmeras políticas que envolvem a segurança de dados que as organizações podem empreender para colocá-la em melhores condições. O gerenciamento de acesso é uma dessas políticas. Ao controlar firmemente o acesso à base de dados, rede e conta de administração, restringindo o acesso privilegiado ao menor número de pessoas possível, as organizações podem proteger suas informações mais confidenciais da exposição a mais pontos de falha. Quando você ouve a frase ‘“acesso com privilégio mínimo”, isso é uma indicação certa de que a organização em questão está levando a sério o gerenciamento de acesso. Em um negócio seguro, os funcionários devem ter o acesso de que precisam para realizar suas tarefas de trabalho, e nada mais.

A segurança de aplicativos é outra política para segurança de dados sólida. Certifique-se de que os funcionários da sua empresa estejam sempre utilizando as versões mais atuais do software que a sua empresa utiliza, incluindo todos os patches e atualizações. Dessa forma, você pode ter certeza de que quaisquer vulnerabilidades de segurança identificadas no software não são pontos de entrada na rede do seu local de trabalho.

O software de monitoramento de segurança de rede e endpoint também é um forte candidato para considerar em qualquer plano de segurança de dados. A implementação de ferramentas como detecção e gerenciamento de ameaças, bem como ferramentas de resposta e plataformas para sistemas locais e plataformas em nuvem, pode mitigar muito os riscos e reduzir a chance de uma violação de dados.

No entanto, nenhuma dessas políticas será eficaz se a educação dos funcionários não for, em si, um pilar da estratégia de segurança de dados de uma organização. Portanto, a instrução no uso correto do software de segurança de dados necessário e a instrução mais ampla em princípios gerais de segurança de dados, como engenharia social e higiene de senhas, devem ser uma preocupação central de qualquer organização, especialmente aquelas em que grandes proporções de funcionários lidam com informações de identificação pessoal.

Por que investir em segurança de dados?

Uma figura em uma camisa e jaqueta em uma mesa de trabalho, estudando um tablet. Imagens de gráficos de linhas e interfaces de segurança de dados são sobrepostos.

A segurança de dados oferece vários benefícios para as empresas que investem.

  • Proteção de informações confidenciais: As empresas tendem a coletar grandes quantidades de dados confidenciais e/ou pessoais. O software de segurança de dados mantém esses dados onde devem estar e evita o desastre de uma violação de dados.
  • Proteção da reputação organizacional: Um plano robusto de segurança de dados protege a privacidade de funcionários, parceiros e clientes, criando confiança na sua organização.
  • Prevenção de adulteração de dados: Os hackers podem excluir, corromper ou alterar dados, inserir ransomware ou pior. A segurança eficaz dos dados pode proteger uma empresa destes resultados indesejáveis.
  • Superando a concorrência: Uma organização com proteções rigorosas para dados confidenciais pode se distinguir entre seus rivais. Qualquer concorrente que sofre um vazamento de dados perderá muito progresso e perderá oportunidades de desenvolvimento nas quais você estará bem posicionado para capitalizar.

O software de segurança de dados é um componente indispensável da estratégia de TI de qualquer organização. Proteja seus clientes e funcionários com provisões de segurança de qualidade.

#KingstonIsWithYou

Pergunte a um Especialista

Pergunte a um Especialista

Planejar a solução certa de memória exige um conhecimento das metas de segurança de seu projeto. Deixe que os especialistas da Kingston orientem você.

Pergunte a um Especialista

Artigos relacionados